Tudo o que você precisa saber sobre morar na Irlanda durante a pandemia mundial do COVID-19



Devido às novas medidas tomadas por causa do COVID-19, somos sobrecarregados diariamente com uma enxurrada de notícias. Mas como saber em qual acreditar e como filtrar tudo isso? Para os estudantes que já estão na Irlanda isso está sendo uma tarefa bastante difícil e a NCI Intercâmbio compreende que, neste momento, cada um está reagindo da melhor forma possível. Porém, para ajudar os nossos clientes ainda mais, vamos trazer algumas informações já divulgadas pelo governo irlandês.


A primeira informação dada aos estudantes foi há duas semanas, assim que a quarentena começou. Pela primeira vez, o governo irlandês estendeu seus benefícios para os portadores do visto de estudante. O governo garantiu que todos os trabalhadores que preencheram o formulário receberão uma resposta. Sendo ela positiva, o valor do benefício cairá na conta. Caso seja negativa, o indivíduo receberá uma ligação ou email dos órgãos responsáveis explicando o porquê.


Já no começo desta semana, alguns estudantes receberam o benefício. O Valor semanal é de 350 euros. Ou seja, o valor é maior do que o estudante trabalhando part-time faria em um mês. Os pagamentos são feitos semanalmente em euros, e a previsão é que o benefício se estenda por até seis semanas.


As aulas foram novamente suspensas, e agora as escolas permanecerão fechadas até o dia 20 de abril. Em pronunciamento, o Primeiro Ministro Irlandês disse que as aulas poderão ser repostas durante os meses de maio e junho. As escolas de inglês também seguem fechadas, com isso algumas instituições oferecem aulas online para os alunos que já estão na ilha.


Mesmo com as instituições fechadas, os alunos não sofrerão com a perda de presença. Durante o período todos recebem, automaticamente, presença em todas as aulas, por isso aos que pretendem renovar o visto o attendance não será um empecilho.


Outra resolução, já feita pelo governo da Irlanda, é que todos que tem o visto vencendo de 20 de março até 20 de maio ganharão uma extensão automática de dois meses pelo pelo INIS (Irish Naturalisation and Immigration Service — serviço irlandês de naturalização e imigração). A medida foi tomada devido ao fechamento dos departamentos de Imigração de cada cidade. O país entende que não será possível para alguns estudantes voltar para os países de origem.


No momento, mesmo com o departamento de imigração fechado, apenas alguns vistos estão sendo analisados. São os chamados de vistos de emergência e são voltados aos profissionais não europeus que trabalham na área da saúde, como Health care e enfermeiros. Todos os atendimentos para os demais vistos foram, automaticamente, suspensos.


O governo também congelou todos os aumentos de aluguel durante tempo indeterminado ao mesmo tempo que proibiu qualquer tipo de despejo. O tempo para deixar a casa, caso o landlord solicitasse o local subiu de 28 para 90 dias. Há ainda uma proposta de congelamento do aluguel para todos que ficaram sem emprego, porém nada foi definido no momento.


A Embaixada do Brasil em Dublin continua aberta para auxiliar os brasileiros. Para os afetados pela doença ou que precisem de ajuda imediata a embaixada disponibilizou um link que pode ser acessado pelo Facebook da instituição. Os demais serviços continuam sendo feitos por correio normalmente.


Assim como os alunos a NCI Intercâmbio está aguardando o passo a passo do Governo da Irlanda para saber a melhor maneira de lidar com a situação. Todas as informações do texto acima foram retiradas de fontes oficiais. Caso haja alguma dúvida, você pode entrar em contato com a nossa equipe, vamos fazer o possível para esclarecê-la.

Por Joyce Silva


© 2019 por NCI Intercâmbio.  Todos os direitos reservados a NCI Intercâmbio.  CRO 611045