ETIAS: saiba tudo sobre a autorização de viagem exigida pela Europa a partir de 2021



No ano passado foi divulgado que a partir de 2021 seria necessário um “visto” para a entrada de brasileiros em países pertencentes à União Europeia (UE), notícia que deixou muita gente preocupada. O porém é que, nem tudo nesta informação está correto.


Primeiro, o visto não tem aquele formato tradicional que já conhecemos e não chega nem perto de ser parecido com a autorização solicitada pelo governo norte-americano. Para esclarecer todas as dúvidas e preparar os que irão precisar da autorização, hoje, no Blog da NCI, falamos exatamente do ETIAS ou do Sistema Eletrônico para Autorização de Viagens.


De acordo com a UE, o sistema tem como principal propósito combater a crise migratória e o terrorismo nos países que formam a união. Já como vantagens aos que embarcam para a Europa, a UE garante que com o sistema será possível que o turista viaje com mais segurança e enfrente menores filas no momento de passar pela imigração do país de destino.


Aos brasileiros, maiores de 18 anos e que pretendem passar até 90 dias (três meses), será necessário o pedido do ETIAS, que segundo o site oficial do programa, funciona mais como uma isenção de visto do que como um visto em si.


Todo o processo deve ser feito de forma online. O solicitante deve preencher um formulário (que até a publicação da matéria, ainda não estava disponível), pagar a taxa de inscrição e esperar a resposta por e-mail. Com todas informações checadas e aprovadas, o ETIAS chegará no e-mail do solicitante. Em caso da autorização negada, o sistema informa que os motivos serão explicados também por e-mail. No site também há a informação de que o solicitante terá a opção de recorrer a negativa, mas ainda não diz qual será o passo a passo.



O outro pré-requisito listado, é a necessidade de um passaporte válido no momento da inscrição e que sua validade se estenda para a data de retorno da viagem. Alguns países pedem certificados de vacinação e coisas do gênero e isto ainda pode ser solicitado na imigração, na chegada ao país visitado. Por isso, vale a pena se informar quais certificados são exigidos nos países que você pretende visitar e tê-los em mãos no momento do desembarque.


No caso de intercâmbios mais longos do que a validade do ETIAS, o estudante terá até o seu vencimento para regularizar o visto para uma permissão de estudos e/ou trabalho. Sendo assim, os procedimentos de visto de estudos ficam a cargo do país que o intercambista escolheu, ou seja, não muda muita coisa em relação às permissões de estudo.


E não tem como fugir, o ETIAS pode ser solicitado no momento do embarque e com certeza será pedido no aeroporto de destino. Mesmo que o viajante use outro meio de transporte, no caso navio, a autorização será pedida pela imigração no desembarque. Na chegada, ao apresentar o ETIAS, o viajante receberá a autorização final para entrada no país e o esperado carimbo.


O ETIAS pode ser cancelado ou revogado, caso as autoridades acreditem e provem que houve fraude no momento do preenchimento do formulário. Por isso, dedique atenção a todos os campos durante a inscrição, revise e tenha certeza, absoluta, de que todas as informações estão cem por cento corretas.


Explicando cada passo não parece um bicho de sete cabeças, certo? A NCI entende que o momento do intercâmbio pode ser estressante e de bastante ansiedade. Principalmente para os que embarcam pela primeira vez. Entre em contato com a NCI Intercâmbio e comprove que com a ajuda ideal, tudo fica mais simples! Vem com a gente!

Por Joyce Silva

#nciintercambio #intercâmbio #estudarfora #morarfora #intercambioirlanda

Achou algum erro, por favor contate Info@nciintercâmbio.com

© 2019 por NCI Intercâmbio.  Todos os direitos reservados a NCI Intercâmbio.  CRO 611045