Visto Australiano: Entenda os tipos, aplicação e as exigências



Começando o planejamento para estudar na Austrália? E gostaria de saber mais um pouco de como funciona a entrada de estudantes brasileiros no país? Primeiro, esta é uma das dúvidas mais comuns entre os estudantes, então respire fundo e relaxe porque a NCI Intercâmbio te ajuda a esclarecê-la. São diversos vistos que o brasileiro em geral pode solicitar, vamos selecionar os mais importantes para o intercambista e como vocês já sabem, podem confiar nas informações do blog pois elas foram retiradas do site oficial da Embaixada da Austrália no Brasil.


Aplicação

O primeiro passo é a aplicação do visto, em qualquer um dos escolhidos esta etapa é igual. O solicitante deve acessar o site da embaixada da Austrália e começar a preencher o formulário selecionado. Todo o procedimento é feito dentro do site, desde a criação de uma conta até o pagamento da taxa, que pode ser feita por cartão de crédito.


A seção de aplicação de visto é bem auto explicativa é só ir seguindo o passo a passo, e preencher todas as informações pedidas com o máximo de cuidado e claro, não precisa nem falar que todas elas precisam ser verdadeiras.


Os valores do visto não foram incluídos porque variam de acordo com cada um dos tipos e o governo australiano tem o direito de alterá-los.


Visto de estudante

De acordo com o site da Embaixada, os procedimentos para a solicitação de visto de estudante no país mudaram desde 2016, quando o Governo australiano adotou um modelo mais simplificado de visto, conhecido como subclasse 550. Este modelo é aplicado para todos os estudantes do mundo que queiram estudar no país.


Para a solicitação do visto o estudante deve comprovar que tem recursos próprios para se manter no país, mesmo com a possibilidade de trabalho durante os estudos o Governo australiano recomenda que o intercambista não dependa deste valor para sobreviver no país, e que sim já embarque com uma quantidade para viver estável na ilha durante o período do curso.


É preciso já estar matriculado em uma escola para entrar com o pedido do visto, a documentação chamada de Carta de Matrícula será solicitada pela Embaixada, mas fique tranquilo, a NCI Intercâmbio fornece este documento para os seus estudantes.

Dependendo do curso que o estudante fará o governo pode solicitar uma prova de proficiência no inglês. Estes documentos são solicitados de acordo com o curso escolhido e o país do candidato, caso seja necessário durante o preenchimento do formulário o estudante será notificado, e deve anexar os documentos exigidos, a recusa disso faz com que o visto seja automaticamente negado.


Outra exigência é uma prova de que o intercambista está bem de saúde, alguns exames podem ser pedidos e devem ser feitos com os consultórios credenciados ao país. E todos os estudantes têm que adquirir o seguro de saúde internacional, a NCI Intercâmbio te ajuda nisto também.


A Embaixada garante que em 75% dos casos em que o estudante manda a documentação completa, o visto sai em um mês após a solicitação. Porém, nunca é bom deixar o pedido para última hora então assim que a confirmação do destino for feita é aconselhável entrar com o pedido do visto.


Alguns documentos que serão solicitados: Passaporte válido e assinado, Carta de Matrícula, Seguro de Saúde, Formulário do site preenchido e assinado, Pagamento da taxa. Alguns documentos extras podem ser solicitados, isto inclui: Carta do empregador do Brasil, Carta de Matrícula em escola ou universidade brasileira, Carta Convite de uma família australiana, Comprovação de residência na austrália (hotel, hostfamily, ect) e Prova de renda.


O visto de estudante é válido por até 10 meses, pode ser estendido até dois meses após o seu término, porém o estudante deve entrar em contato com a Embaixada australiana. Em hipótese nenhuma o estudante deve permanecer no país após a expiração do visto.



Visto de Turista/Negócios

Este visto se aplica para quem pretende passar férias na ilha ou fazer um curso com o tempo menor que 14 semanas, ou seja, para cursos de férias este é o visto que alguns estudantes devem solicitar. Diferente do visto anterior ele não dá a permissão de trabalho e o portador não pode exercer nenhuma atividade remunerada durante a sua estadia no país.


O visto de turista permite que seu portador entre e saia do país mais de uma vez, contando que em nenhum momento sua estadia ultrapasse o limite de três meses. Nenhum dependente pode ser incluso neste visto, cada pessoa que viaja deve ter o seu visto.


Aos que vão a negócios para ilha, este visto também se aplica. Lembrando que ele não serve para procurar emprego por lá, e sim para quem tem um emprego estável no Brasil e precisa viajar a pedido da empresa para um congresso, reunião ou treinamento.


Para turistas as exigências são mais tranquilas que as de estudante, até porque ele passará menos tempo no país. A aplicação funciona da mesma forma, online. A documentação exigida é: Carta do empregador brasileiro comprovando o cargo do solicitante; Comprovante de matrícula, Cópia do itinerário (reserva de hotéis, casa de família, cidades que vão visitar, ect), Carta convite de familiar ou amigo na Austrália e Comprovante de renda.


Visto de trabalho temporário

Está categorias se aplica a quem vai ao país para realizar pequenos trabalhos, é preciso que a pessoa seja altamente qualificada e/ou tenha um convite de trabalho temporário no país, isto inclui jornalistas cobrindo algum evento, competidores esportivos, ativistas, congressistas ou pessoas convidadas para algum trabalho pontual.


Neste tipo de visto a pessoa pode receber algum dinheiro no país, porém não deve ser visto como uma salário, exemplos são premiações e gratificações em dinheiro. A documentação é basicamente a mesma que a do visto de turismo.


Vacina

Para entrar na Austrália é necessário que o estudante esteja imunizado contra a Febre Amarela, esta é uma exigência do Governo e eles deixam claro que podem barrar a entrada de qualquer pessoa que não tenha recebido a vacina. É importante que além da vacina o viajante tenha a carteirinha de vacinação internacional junto ao passaporte na hora da entrada no país.


Ficou alguma dúvida sobre o visto ou sobre o país? Quer conhecer algo mais? Entre em contato com a NCI Intercâmbio e tire suas dúvidas sobre o destino e caso você tenha interesse em saber algo mais sobre o país e queira aqui no Blog, também estamos abertos a sugestões! Não perca tempo e comece hoje mesmo a se planejar para aprender inglês na Austrália!

Por Joyce Silva

#nciintercambio #intercâmbio #estudarfora #morarfora #australia #intercambioaustralia

Achou algum erro, por favor contate Info@nciintercâmbio.com

© 2019 por NCI Intercâmbio.  Todos os direitos reservados a NCI Intercâmbio.  CRO 611045