Entenda o passo a passo de como visitar a Inglaterra

Atualizado: 17 de Mai de 2019



Pensando em estudar em Londres ou em qualquer outra parte da Inglaterra e ainda está confuso sobre o processo de visto? Tem dúvidas se realmente precisa de um e sobre toda a burocracia que envolve uma viagem deste porte? Pode ficar tranquilo, hoje, no Blog da NCI Intercâmbio, vamos esclarecer e solucionar todas as dúvidas para que você possa ter uma primeira viagem inesquecível para a terra da rainha!


Para ir para a Inglaterra os brasileiros não precisam entrar com o pedido de visto antecipado, ou seja, o visto será concedido no aeroporto, no momento do desembarque, e isso significa que você terá que passar pela imigração inglesa. É neste momento que eles vão solicitar alguns documentos - vamos listar os mais importantes abaixo. O visto concedido no Aeroporto é o visto de turismo, que é válido por até seis meses.


Seu passaporte

É imprescindível que você tenha um passaporte, caso o seu esteja com validade menor do que seu tempo de permanência no país europeu ou você ainda não possua o documento será necessário a emissão do documento. Para a solicitação você vai precisar:


Juntar os documentos necessários (que pode incluir título de eleitor e comprovante de votação da última eleição, em caso de homens comprovante de dispensa do serviço militar); veja a demais documentação aqui.


Preencha e imprima a solicitação do passaporte.

Pague o valor de R$ 257,25 (Atualizado em abril de 2019. Os valores podem mudar depois da publicação deste texto). É importante lembrar que o boleto deve ser pago na data de vencimento.


Compareça ao local indicado para a emissão do documento. Em grandes cidades como São Paulo é preciso agendar o dia e horário; respeite estas informações e não chegue atrasado.


Após o procedimento será informado a data para retirada do documento e apenas o titular pode realizá-la.



Proteja sua Viagem

A Inglaterra não exige o seguro de saúde aos seus visitantes, diferente de alguns países da Europa, mas é fundamental lembrar que se algum acidente acontecer durante a estadia, os custos serão altíssimos sem um seguro para te auxiliar. Por isso, recomendamos a contratação do seguro saúde, nossa equipe te passará mais informações durante o processo de compra do seu intercâmbio.


Outro ponto muito questionado é sobre a necessidade de vacinas para a entrada no país. Assim como o seguro não são obrigatórias, porém caso você tenha as vacinas em dia (em especial a de Febre Amarela) é interessante solicitar a carteirinha de vacinação internacional e mantê-la junto ao passaporte.


Seu dinheiro

A cotação da moeda pode assustar um pouco, a moeda inglesa é a Libra esterlina e tende a ser mais cara que o Euro, mas lembre-se que o intercâmbio é sobre a experiência e o conhecimento.


Defina qual a melhor forma de levar seu dinheiro, pode ser em espécie em cartão pré-pago ou informando seu banco nacional que estará usando o cartão no exterior. Este é outro ponto que pode gerar diversas dúvidas, por isso a equipe da NCI Intercâmbio também vai te explicar a diferença entre cada uma das opções.


Seu tempo de permanência

Antes do embarque você vai decidir o tempo que passara no país, com está informação todos os outros detalhes serão definidos, como passagem de volta, local da estadia e meios de transporte.


É importante que o estudante tenha sua passagem de volta para o Brasil, para provar que pretende retornar ao país e mostrar seu tempo de permanência no país. Este é um dos documentos que podem ser exigidos na imigração. No Rio de Janeiro e em São Paulo estão as maiores concentrações de voos diretos para Londres, os voos são diários, então há bastante opções.


Acomodação pode ser feita em hotéis, residências estudantis ou casas de família, tudo depende da escolha do intercambista e da forma que fica melhor para o seu tipo de viagem.


Por último, o meio de transporte. Londres é uma cidade muito fácil de se locomover, pois o sistema de transporte público funciona, então é possível escolher entre metrô e ônibus sem se atrasar. Outra opção são os diversos táxis que circulam pela cidade.


Com todos os documentos em mãos, agora é hora de desembarcar na Inglaterra e saber o que será pedido na imigração.


Documentos para o visto

Lembrando que passar pela imigração é uma experiência única, algumas pessoas podem passar com tranquilidade, sem que o agente exija muitos documentos, outros podem solicitar todos os papéis possíveis, por isso é essencial que você esteja preparado com tudo que pode ser solicitado.


Os agentes da imigração te pedirão para comprovar algumas coisas, para descobrir se você é mesmo visitante, se pretende voltar ao seu país quando seu período de turismo/aulas acabarem, se você tem condições financeiras de se manter no país durante a sua estadia prevista ou se caso pretenda ir para outros países europeus seus recursos serão suficientes.


Os documentos que normalmente eles exigem são:

  • Seu passaporte, que devem estar dentro dos pré-requisitos explicados anteriormente;

  • Caso você tenha outro passaporte é recomendado levá-lo, agentes da imigração gostam de ver carimbos de outros países que você visitou, isto também ajuda na comprovação de intenção de retorno;

  • Caso esteja acompanhado de um companheiro europeu, podem exigir a certidão de casamento (algumas vezes multilingual, na língua do cidadão e em inglês);

  • Em caso de intercâmbio, os papéis que comprovem que você está regularmente matriculado em uma escola inglesa (como carta de matrícula);

  • Documentos que comprovem que você tem um trabalho no Brasil e pretende retornar para ele. (A maior parte das empresas fornece este documento em papel timbrado, assinado e carimbado, basta solicitar no RH). É recomendado que a carta contenha informações como salário e tempo de trabalho;

  • Estudantes de escolas e universidade podem solicitar uma carta de matrícula na instituição;

  • Comprovantes de renda, como extratos bancários ou de investimentos. Caso outra pessoa esteja pagando pela viagem é essencial ter a comprovação que ela tem verbas suficiente para manter o visitante;

  • Reserva da estadia escolhida;

  • Passagem de volta.

  • Landing card preenchido; este documento será entregue pelos comissários de bordo e você deve preencher com todas informações solicitadas que são os detalhes de sua viagem;

  • Em caso de menor de idade viajando sozinho é necessário uma carta registrada e assinada pelo responsável autorizando a viagem, assim como cópias autenticadas dos documentos do tutor (passaporte e/ou documento de identidade).


Ufa! Parece bastante coisa não é? Mas agora que você já tem toda a ordem e as informações fica tudo mais fácil. Uma última dúvida que pode surgir é sobre a tradução de alguns documentos, para que eles sejam aceitos no exterior (isto não é exclusividade inglesa) é preciso fazer uma tradução juramentada, disponível em todas as cidades. Basta procurar uma mais próxima de você e enviar os documentos, lembrando que há um conselho de tradutores juramentados e é bom confirmar se a empresa escolhida é afiliadas a eles.


Agora sim, acabamos com todas as informações que você precisa para entrar na terra da Rainha, mas é claro, caso você tenha alguma dúvida ou tenha se perdido um pouco, não tem problema, a NCI intercâmbio tem um time de profissionais mais do que preparados para te ajudar a esclarecer suas dúvidas! Entre em contato ainda hoje e venha conhecer todas as maravilhas inglesas!

Por Joyce Silva

#intercâmbio #nciintercambio #estudarfora #estudante #intercambista #londres #inglaterra

Encontrou algum erro? Por favor contate: info@nciintercambio.com

© 2019 por NCI Intercâmbio.  Todos os direitos reservados a NCI Intercâmbio.  CRO 611045