Posso trabalhar e estudar na Irlanda?



A experiência de intercâmbio permite explorar diversas possibilidades. A escolha de trabalhar na Ilha Esmeralda está nos planos de diversos estudantes que buscam desenvolver habilidades na fala e escrita em inglês, bem como conhecer melhor a cultura daquela região.


Mas você sabe todas as etapas para começar a trabalhar na Irlanda? Deixa que a NCI te ajuda nesse processo.




Documentos necessários


Para começar a trabalhar na Irlanda, você precisa ter dois documentos:

  • IRP: o famoso Visto de Estudante. Deve ser o Stamp 2, caso você busque trabalhar e estudar na Irlanda;

  • PPS: Personal Public Service Number, o equivalente ao CPF aqui do Brasil.

O PPS, em especial, será extremamente importante para você trabalhar de forma legal na Irlanda. Ele serve para pagar impostos, tirar carteira de motorista, abrir uma conta bancária irlandesa e receber salário, dentre outros detalhes para se viver na Irlanda.

É necessário comprovar algum motivo para tirar o seu PPS. Conseguir um emprego pode te ajudar nisso.

Após encontrar um emprego, você pode solicitar uma carta ao seu empregador e, assim, retirar o seu “CPF irlandês”. O processo é bastante simples e longe de burocracia.


Lugares para se trabalhar na Irlanda


A Irlanda é a favorita dos intercambistas pelas diversas oportunidades que são oferecidas. Conseguir um emprego é relativamente fácil e as grandes cidades irlandesas possuem para as mais diversas áreas.


A cidade de Dublin acaba sendo a favorita dos estrangeiros, visto a enorme facilidade da capital. Pelo custo elevado de moradia, é normal que pessoas que trabalham na cidade morem fora, devido à excelente mobilidade urbana oferecida pelo país.


Se você é da área de tecnologia, Cork acaba sendo bastante interessante. A cidade vem se desenvolvendo na área industrial e de TI nos últimos anos.


Galway é uma cidade litorânea cheia de boas energias e turismo. Lá, você pode morar, estudar e trabalhar da forma mais tranquila possível e ter muitas oportunidade de trabalho em áreas diversas, como o hoteleiro, TI, customer service em multinacionais, indústria de medicamentos e outros, e na área de hotelaria, não falta oportunidades, pois a cidade é muito turística e cultural, em 2020 foi a capital da cultura da Europa.


Limerick é a 4° maior cidade da Irlanda e fica somente 2 horas e meia de distância da capital e se encontra próxima de quase todos os pontos turísticos do país.


Você pode conferir mais sobre os 6 melhores destinos para fazer intercâmbio na Irlanda clicando aqui!


Ou, pode dar assistir esse vídeo em nosso canal:




Dinâmica de trabalho


Os estrangeiros, que possuem o Stamp 2, podem trabalhar cerca de 20 horas semanais. Esse período é estendido nos meses de junho, julho, agosto e setembro, onde é permitido trabalhar durante 40 horas semanais. No período entre 15 de dezembro e 15 de janeiro também é permitido trabalhar as 40 horas semanais completas.


A dinâmica de encontrar um trabalho na Irlanda funciona semelhante ao Brasil. Você pode utilizar diversos buscadores de empregos, sendo os mais populares o LinkedIn, Monster, Irishjobs e Neuvoo. É necessário fazer um breve cadastro com seus dados, suas experiências e formações. Logo você encontrará um trabalho perto de você.


Os trabalhos mais ofertados para os brasileiros são baristas, assistentes de cozinha, vendedor de loja, garçom, bartenders e babás. É possível encontrar empregos onde exija um pouco mais de escolaridade, mas os mais comuns são os que foram citados anteriormente.


Salário da Irlanda


A Irlanda, por ser um país dentro da União Europeia, tem como moeda oficial o Euro. Essa moeda é a 2° mais valorizada no mundo e isso aumenta e muito o seu poder de consumo na Irlanda.


O salário mínimo no país é de 10,50€/hora. Então agora vamos para as contas:

Um estudante normalmente pode trabalhar 20 horas semanais recebendo um salário mínimo. Logo, o valor no final do mês será de 20 x 10,50 = 210€ por semana. Ao longo de quatro semanas, ou um mês, você receberá 840€.


Lembrando que nos meses entre junho e setembro você poderá trabalhar 40 horas semanais, multiplicando 840€ x 2 = 1.680€. É uma maravilha, né?


Muitos empregadores oferecem um salário maior que o salário mínimo, mesmo para os empregos de entrada. Temos muitos alunos recebendo entre 11,00€ e 12,00€ pela hora trabalhada ou até mais a depender da área.


Caso você não tenha objetivo de trabalhar na Ilha Esmeralda, mais do que recomendamos que faça isso. O processo de intercâmbio é um momento de aprendizado constante, e se inserir no meio profissional dos irlandeses pode te ajudar, e muito, no seu desenvolvimento na oratória e escrita do inglês, bem como conhecer melhor a cultura local.


Se você quer receber um suporto personalizado da nossa equipe, clique no banner abaixo, preencha com seus dados e em breve entraremos em contato!